a atualização OTA de ID.3 e ID.4 exigirá uma visita… à garagem

Assim como a Tesla, a Volkswagen oferece OTA (Over the Air) ou remoto, se você preferir atualizações em seus veículos elétricos mais recentes. Problema, o fabricante deve recolher 200.000 carros para prepará-los para a transição para a versão 3.0 do software.

volkswagen id.3 maj ota
Créditos: Volkswagen

Assim como os fabricantes de smartphones ou consoles de videogame oferecem, cada vez mais fabricantes de automóveis estão adotando esse método para atualizar remotamente a parte de software de seus veículos. A Tesla é, obviamente, a pioneira neste campo, com essas atualizações que adicionam novos recursos e aumentam o desempenho de determinados modelos.

Em março de 2021, a Volkswagen anunciou que também ofereceria atualizações OTA em seus ID.3 e ID.4, seus carros elétricos mais recentes. Uma forma de o fabricante garantir que todos os “Modelos de identificação. estão no mesmo nível de software que os carros novos ao longo de sua vida útil”. Por outro lado, este método permitirá que a empresa alemã corrija rapidamente os muitos erros de software relatados pelos proprietários de ID.3 e ID.4.

Nesse sentido, a empresa anunciou recentemente a implantação iminente da versão 3.0 do software ID.3 e ID.4. Esta versão deve resolver um grande número de bugs integrados nas versões anteriores, enquanto obviamente oferece várias melhorias, como aumento na carga da bateria, gerenciamento térmico aprimorado ou até ativação do Park Assist Plus.

Leia também: Volkswagen ataca Tesla e anuncia a chegada da condução autónoma em todos os seus veículos

Uma atualização OTA que requer… uma visita à garagem

No entanto, nossos colegas do site especializado alemão Auto Motor und Sport relatam que todos os ID.3 e ID.4 em circulação (ou seja, 200.000 veículos) terá ir para a concessão para prepará-los para a chegada desta nova versão. Uma situação que faz sorrir, sendo o próprio princípio de uma atualização OTA precisamente evitar que o condutor tenha de se deslocar à garagem… Segundo declarações do fabricante, o objetivo desta visita épadronizar ao máximo o status do software da frota existente.

Percebemos que atualmente ainda há muitos veículos na estrada com status de software muito diferentes ”, explica o construtor. No entanto, essa mudança para a concessão é necessária por outro motivo. De fato, a Volkswagen também instale gratuitamente uma nova bateria de 12 volts em todos os veículos afetados.

Esta bateria será visivelmente mais resistente aos ciclos de carregamento e responderá melhor às elevadas necessidades energéticas dos mais recentes carros elétricos da marca. Na verdade, e se nos divertimos lendo nas entrelinhas, entendemos que a bateria original de 12V não seria capaz de suportar os novos recursos que será feito através da atualização do software OTA 3.0.

Fonte: Clean Technica

Leave a Comment