Mercedes faz recall urgente de 292.000 SUVs devido a problemas nos freios

A Mercedes-Benz diz que os proprietários de quase 300.000 de seus SUVs devem estacioná-los até novo aviso devido a um possível problema que pode levar à perda de poder de frenagem.

A NHTSA emitiu umn aviso “não dirigir” para 292.000 veículos de 2006 a 2012 ML-Class, GL-Class e R-Class até que seus servo-freios possam ser inspecionados. Em documentos divulgados na quinta-feira pela Administração Nacional de Segurança no Tráfego Rodoviário, a Mercedes diz que a umidade pode entrar na carcaça do servo-freio e causar corrosão. Isso pode causar um vazamento de vácuo, o que diminui o desempenho do freio.

Em casos raros, frenagem repentina pode causar danos mecânicos ao servo-freio, e pode ser impossível parar os veículos com o pedal do freio, disse a Mercedes em comunicado na quinta-feira. No entanto, se o seu carro for afetado por esse problema, a Mercedes diz queum freio de estacionamento operado pelo pé ainda funcionaria. Esta não é a primeira vez que os carros da Mercedes são afetados por um recall. No ano passado, 1,3 milhão de veículos foram afetados por um bug de software.

Leia também: Tesla faz recall de 50.000 carros elétricos por bug no velocímetro

Mercedes pede que proprietários de veículos afetados façam manutenção em seus carros

A montadora alemã está pedindo a todos os proprietários de veículos afetados que cheguem a uma concessionária o mais rápido possível para que seus carros sejam revisados. No entanto, deve-se lembrar que, por se tratar de um problema no sistema de frenagem, ir ao seu revendedor pode ser mais perigoso do que o esperado.

A Mercedes-Benz afirmou, portanto, queela ofereceria reboque gratuito para que os proprietários possam dirigir com segurança até uma concessionária para reparo. Os reparos consistirão na remoção de uma luva de borracha para que os técnicos possam inspecionar o booster. Eles substituirão as peças, se necessário. Além disso, se os reparos não puderem ser feitos imediatamente, os revendedores serão obrigados a ajudar os proprietários de carros a encontrar veículos emprestados até que os reparos possam ser feitos.

“Os veículos que não passarem nos testes adicionais precisarão ser equipados com um novo servo-freio. O aviso de parada de condução permanecerá em vigor para esses veículos até que o servo-freio seja substituído. Os proprietários em causa serão informados a partir de 27 de maio.

Leave a Reply

Your email address will not be published.